Sistema de geração de energia solar é instalada na rodoviária de Foz do Iguaçu – MICRO SOLAR ENERGY
Responsive image
Article

Sistema de geração de energia solar é instalada na rodoviária de Foz do Iguaçu

micro-energia-solar-2571

https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-solar/sistema-de-geracao-de-energia-solar-e-instalada-na-rodoviaria-de-foz-do-iguacu.html

 

A Rodoviária de Foz do Iguaçu, no Paraná, acaba de receber um sistema de geração de energia solar no telhado do complexo, com potência para atender toda a demanda por eletricidade do terminal. As obras, realizadas pela Tarobá Construções, que está à frente da administração da rodoviária, começaram em fevereiro e, em 45 dias, foram entregues e ligados todos os geradores fotovoltaicos.

usina solar da rodoviária possui 270 painéis solares e tem capacidade total de 98,55 kWp. O sistema é integrado à rede elétrica da Copel – Companhia Paranaense de Energia – e deve ainda gerar créditos com a energia excedente.

Atualmente a energia solar produzida irá atender toda a demanda dos corredores, banheiros, plataformas de embarque e desembarque, guarda-volumes, fachada, estacionamentos e demais áreas operacionais.

Desta forma, somente as lojas e guichês das empresas continuam utilizando a rede de energia elétrica da Copel. “Esse novo momento da rodoviária pede novas estratégias e, como temos uma condição climática bastante favorável, a decisão de investir em uma fonte de energia renovável não foi tomada apenas pelo aspecto ambiental, mas também pelo fator econômico”, explica o engenheiro Anderson Lopes, da Tarobá Construções, concessionária responsável pela gestão do local.

A implementação do sistema foi realizada após adequações nos quadros de entrada e distribuição de energia, de acordo com o projeto aprovado pela Copel. A Instelpa Solar foi a responsável pela execução da obra.

Vale lembrar que os painéis solares são formados por células fotovoltaicas, que transformam a luz do sol em partículas elétricas, formando uma corrente contínua. É conduzida por fios a um aparelho chamado inversor, onde é transformada em corrente alternada. Em seguida, a energia passa por um transformador, onde a tensão é transformada em 110 volts ou 220 volts, para ser usada em aparelhos elétricos convencionais.